Golden Boy diz a Garcia e Haney para verificar contratos sobre atrasos de pagamento

A Golden Boy Promotions negou qualquer problema com pagamentos após reclamações feitas por Ryan Garcia e Devin Haney durante a luta de 20 de abril.

Garcia postou nas redes sociais que não recebeu o valor prometido, ao que Haney respondeu ‘o mesmo’ na sexta-feira. Golden Boy então divulgou uma declaração apressada, repetida pelo presidente Oscar De La Hoya, esclarecendo a situação.

“Como sempre fizemos com todos os nossos lutadores, Golden Boy pagou a Ryan e Devin exatamente o que lhes era devido em seus contratos”, disseram eles.

“Tal como acontece com todos os eventos PPV, a receita chega com o tempo e pagamentos adicionais serão feitos quando mais dinheiro for recebido. Se eles não estão cientes deste fato, esperamos que seus gestores estejam. Ou talvez Ryan e Devin devessem prestar mais atenção aos seus contratos do que aos feeds das redes sociais.”

Antes de ser preso por supostamente destruir seu quarto de hotel Waldorf Astoria em Beverly Hills, Garcia declarou: “De jeito nenhum esses números são reais, mas vamos nos preocupar com isso mais tarde. Cadê meu dinheiro”, segundo sugestões, a dupla arrecadou cerca de US$ 85 milhões entre eles para o evento. Ele acrescentou: “Mesmo que você não goste de mim, o fato de eu não ter recebido o pagamento pela minha luta é uma bagunça.

Golden Boy parece inflexível ao afirmar que pagaram a Garcia e Haney o que deviam e que enviarão o restante no devido tempo. No entanto, o facto de Garcia estar novamente embriagado e publicar afirmações bizarras nas suas contas pode ser um motivo para alguém intervir. A polícia já fez tudo o que pode depois de um pedido familiar de um cheque de bem-estar e da reclamação do hotel.

Então, talvez Golden Boy e De La Hoya devam agora tentar reprimir a selvageria em curso.