Mbilli x Derevyanchenko marcado para 17 de agosto na cidade de Quebec

Dois rebatedores dos super-médios estão prontos para se encontrar no blockbuster imperdível da temporada de verão.

O invicto candidato a Montreal, Christian “Solide” Mbilli, enfrentará o tricampeão mundial Sergiy “The Technician” Derevyanchenko no evento principal de 10 rodadas no sábado, 17 de agosto, no Videotron Centre na cidade de Quebec, Canadá.

Mbilli nocauteou 85% de seus adversários, enquanto Derevyanchenko nunca foi parado.

Promovido pela Top Rank e Eye of the Tiger, Mbilli-Derevyanchenko será transmitido ao vivo nos EUA pela ESPN, ESPN Deportes e ESPN+ às 22h ET/19h PT. Sky Sports terá cobertura no Reino Unido e na Irlanda.

“Há poucos lutadores que eu gosto mais de assistir do que Christian Mbilli, e mal posso esperar para vê-lo se apresentar diante dos tremendos fãs da cidade de Quebec”, disse o presidente do Top Rank, Bob Arum. “Dito isso, ele tem uma tarefa difícil com Sergiy Derevyanchenko, um dos grandes lutadores de ação do esporte. Este será um candidato à Luta do Ano enquanto durar.”

“As conquistas de Derevyanchenko falam por si. Esta é uma luta muito perigosa, mas extremamente necessária para a progressão de Christian Mbilli. Uma vitória não é apenas crucial para a continuação de sua carreira, mas também para o boxe de Quebec, que, com uma vitória significativa, estaria em excelente posição para sediar lutas importantes”, disse a presidente do Eye of the Tiger, Camille Estephan.

Mbilli (27-0, 23 KOs), um atleta olímpico francês de 2016, está em alta desde que se tornou profissional em 2017. Ele venceu suas primeiras 13 lutas no caminho curto e manteve seu poder enquanto intensificava a oposição. Mbilli nocauteou o ex-desafiante ao título mundial Nadjib Mohammedi em 2022 e derrotou Demond Nicholson no ano seguinte. Ele iniciou sua campanha de 2024 no último sábado com uma paralisação de 40 segundos do ex-campeão dos super-médios britânico e da Commonwealth, Mark Heffron. Mbilli está atualmente classificado entre os três primeiros por todas as principais organizações sancionadoras, incluindo o número 1 pelo WBC.

Mbilli disse: “É uma honra lutar contra Sergiy Derevyanchenko. Ouço falar dele desde os 16 anos, no nível amador, onde derrotou vários franceses. No profissional ele só lutou com grandes nomes, então com certeza essa será minha maior luta até agora. Mal posso esperar por isso. Vai ser uma guerra.”

Derevyanchenko (15-5, 10 KOs), atleta olímpico da Ucrânia em 2008, venceu quase 400 lutas como amador. Agora um profissional de 10 anos, ele perdeu três oportunidades de título dos médios, incluindo uma derrota por decisão dividida para Danny Jacobs em 2018 e uma derrota por decisão unânime para Gennadiy Golovkin no ano seguinte. Derevyanchenko subiu para o peso super-médio no ano passado e perdeu para Jaime Munguia em um animado candidato à Luta do Ano. Em abril, ele voltou à coluna das vitórias com uma decisão unilateral sobre Vaughn Alexander.

“Tomei a decisão de subir para 168 para ganhar um título mundial. Durante toda a minha carreira sempre lutei com os melhores do mundo e no dia 17 de agosto não será diferente”, disse Derevyanchenko. “Estou lutando contra um adversário difícil, Christian Mbilli, que está classificado em primeiro lugar no WBC. Se eu vencer essa luta, espero lutar pelo próximo título mundial, que sempre foi meu objetivo final. Espero que 17 de agosto seja uma guerra e um candidato do tipo Luta do Ano, e eu serei o vencedor.”

Os ingressos estarão à venda na quinta-feira, 30 de maio, às 10h ET, via Ticketmaster.