Mike Tyson ‘fuma como uma chaminé, precisa de um milagre para vencer’

Mike Tyson vencer Jake Paul seria um milagre devido aos seus problemas de preparação física anteriores, mesmo no auge, e ao estilo de vida fora do ringue.

Essa é a opinião do ex-desafiante ao título mundial dos pesos pesados, Fres Oquendo, que transmitiu suas opiniões contundentes à Kombat Press sobre a situação atual. Oquendo deu sua opinião sobre Tyson enfrentando o YouTuber em uma luta de boxe profissional, que deve ser remarcada no dia 7 de junho devido a problemas de saúde sofridos pela lenda do boxe.

Oquendo, que perdeu a carreira principal de Tyson depois de se tornar profissional em 1997, lutou três vezes pelo maior prêmio do esporte contra John Ruiz, Chris Byrd e Ruslan Chagaev. O veterano de 45 lutas diz que Tyson lutar aos 58 anos é apenas um exercício de pagamento, não apenas para o ex-campeão dos pesos pesados, mas também para seu oponente, ex-ator infantil da Disney.

“Essa luta, número um, não deveria acontecer porque Tyson está fumando como uma chaminé”, disse Oquendo com exclusividade ao Kombat Press, citando o conhecido hábito de 'Iron' Mike. “Todo mundo sabe que sua resistência sempre foi seu pior inimigo, mas mesmo que isso não seja segredo, estou torcendo para que Tyson faça esse milagre para vencer. Paul é um aspirante a atleta de classe mundial e acredito que isso não vai acontecer (Tyson vai perder).

“No que diz respeito às redes sociais, essa luta é realmente para fazer com que aquele YouTuber seja pago, e isso é tudo que vou dizer, Roger!”

Tyson está atualmente sob uma nuvem devido a um problema de úlcera que fez com que a data original de 20 de julho fosse cancelada para a luta. A situação representa mais um surto de doença para o ex-'Homem Mais Malvado do Planeta', que teve que usar uma cadeira de rodas há dois anos devido a um problema nas costas.

Como a Kombat Press informou com exclusividade, o Departamento de Licenças e Regulamentação do Texas e o Conselho Mundial de Boxe estão monitorando o estado de saúde de Tyson.

Com uma nova data se aproximando, Paul está sondando novos oponentes, já que relatos de que Tyson poderia ser retirado do evento continuam a dificultar a promoção. Se alguma coisa acontecesse com Tyson durante um treino ou uma luta contra Paul, os fãs de boxe jamais perdoariam o influenciador.

Há muito o que avaliar enquanto Paulo explora alternativas que poderiam intervir para preencher o vazio. Roy Jones Jr., o último homem a enfrentar Tyson em um ringue de boxe, já se ofereceu para intervir.